IPVA: O que é o IPVA e porque você deve mantê-lo em dia?

Todas pessoas que possuem um veículo automotor no Brasil, precisar pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores ou IPVA.

Ele é cobrado de forma obrigatória a todos os donos de veículos e o seu não pagamento em dia, pode acarretar uma série de complicações ao proprietário.

Sendo um imposto, 50% do valor arrecadado com o IPVA vai para o governo do estado em que o veículo se encontrava cadastrado e a outra metade ao município do mesmo.

O valor pago por este imposto, é estabelecido de acordo com o modelo do veículo, ano e o seu pagamento é um dos requisitos para se conseguir licenciar automóveis, motos e caminhões.

IPVA O que é o IPVA e porque você deve mantê-lo em dia

O que é o IPVA?

Como já citamos o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores ou IPVA, é um imposto obrigatório cobrado a todos os donos de veículos no Brasil.

Ele é anual, ou seja, seu pagamento se dá apenas uma vez ao ano e no geral ele é pago juntos com as outras conta de início de ano.

Nele não se encaixa apenas carros, mas sim todos os veículos terrestres como motos, caminhões e ônibus.

Os valores arrecadados com o IPVA, ao contrário do que se pensa, não são destinados a conservação de ruas e rodovias, mas sim a garantir fundos a união para serem gastos com educação, saúde e afins.

O proprietário de veículo, quando cobrado para o pagamento do IPVA recebe uma carta em sua residência.

Nesta carta, possuem informações de pagamento, como o valor, parcelas e datas de vencimentos.

Com esta carta, é possível realizar o pagamento até mesmo com desconto e já realizar o licenciamento do veículo.

O não pagamento, além de multas, pode também criar uma série de complicações ao dono do veículo, como citaremos a seguir.

Como o calculo do IPVA é feito

Os valores a serem pagos no IPVA seguem uma tabela de valores venais de veículos disponibilizada pela Secretaria da Fazenda.

Estes valores valem de outro até outubro até setembro do próximo ano e esta tabela, mostra o preço médio dos modelos de veículos no mercado.

O valor do IPVA do veicula, será determinado em cima desta tabela, entretanto cada estado possui a sua porcentagem a ser cobrada.

É por este motivo que muitas pessoas comentam a prática errada de licenciar seus veículos em estados vizinhos onde a porcentagem do IPVA é mais baixo.

Isto é ilegal e se descoberto, além de multa o dono do veículo deverá pagar os valores pendentes do IPVA  do estado onde reside.

O estado de São Paulo, por exemplo, é um que possui a porcentagem mais alta do imposta, 4% sobre o valor total do veículo.

Porque você devo mantê-lo em dia

O não pagamento do IPVA em dia, além de acarretar encargos no valor, pode gerar uma série de complicações.

No estado de São Paulo, além de possuir um dos valores mais caros cobrados pelo imposto, caso o proprietário não pague o IPVA em dia, serão cobrados juros que podem chegar a 0,33% ao dia e 10% ao mês.

Uma dela é que o dono do veículo ficará impossibilitado de realizar o licenciamento, o que impede de circular com o mesmo.

Também, você será notificado e caso não pague terá o  seu nome inserido no programa de proteção ao crédito.

E caso você atrase o seu IPVA, há a perda da possibilidade de dividir o valor total do imposto, o que já é uma ajuda. IPVA atrasado, deve ser pago de forma a vista e ainda com os juros incluídos.

Como pagar o IPVA

Para pagar o seu IPVA em dia, basta apresentar a carta que você recebeu do correio em uma casa loteria ou em bancos que aceite o pagamento.

Já no caso de atraso, o proprietário deverá entrar no site da  Secretaria da Fazenda e imprimir uma guia já com os valores dos acréscimos para o pagamento.

Também, é possível realizar esta ação indo em um dos centros de atendimentos da  Secretaria da Fazenda do seu município.

Mas, o recomendado é pagar o IPVA em dia, desta forma a mais opções de pagamento, além de evitar juros e acrescimentos, que podem tornar o valor ainda mais pesado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *